Resenha: Na sua pele (série Homens Marcados #1) – Jay Crownover


Quando o tatuador Rule Archer passa, todos os olhares se voltam para ele. O cara é alto, tem o corpo todo desenhado e penetrantes olhos azuis capazes de fazer qualquer garota suspirar. Rule não segue regras. Rule não namora. Ele é do tipo que passa cada noite com uma mulher diferente... um perfeito bad boy. A estudante de medicina Shaw Landon é linda, rica e estudiosa. Ela sempre segue as regras. É o tipo de garota que namora alguém escolhido pelos pais. Mas não é isso o que ela quer. Tudo o que Shaw sempre deseja e sempre desejou é ter Rule Archer. Apesar de se conhecerem há muito tempo, o bad boy nunca havia reparado naquela menina perfeita. Quase ninguém poderia imaginar que os dois formariam um casal. Rule e Shaw são opostos perfeitos. E um relacionamento entre os dois tem tudo para ser explosivo. Na sua pele vai enlouquecer você. Uma história de amor improvável, muitas reviravoltas e cenas picantes. Esse livro marcará você como nenhum outro.

Na sua pele (Rule) é o primeiro livro da série Homens Marcados (Marked Men). É um romance indicado para maiores escrito pela autora Jay Crownover e publicado pela V&R Editoras. Como todo bom new adult, a trama conta com um tanto de romance e trechos hot, além de um bom fundo dramático.

Fãs de new adult, vocês precisam ler esse livro! Não é surpresa para ninguém do mundo literário que os new adults fazem a cabeça de muita gente. Eu mesma, que no início estava relutante, acabei me rendendo ao gênero e hoje não consigo resistir a um enredo dramático e cheio de romance. Para falar a verdade, o gênero não precisa de muita inovação. Basta misturar os ingredientes certos e pronto: Fórmula perfeita, certo? Errado. Tem muito new adult sem pé nem cabeça por aí, que não convence nem um pouco e, de quebra trazem personagens insuportáveis. Não é o caso de Na sua pele, tenham certeza.

Ele era tudo o que eu nunca fui. Arrumadinho, bem vestido, tinha planos de fazer faculdade e construir um futuro seguro. A única pessoa no mundo boa e classuda o suficiente para bater a magnificência que ele tinha é a Shaw Landon.

Rule e Shaw não têm nada em comum, exceto por uma pessoa que amaram muito no passado. Cada um seguiu seu caminho, mas ainda estão interligados por um laço. Rule é o típico cara rebelde, absurdamente atraente e que tem sempre alguém na sua cama. Shaw estuda medicina e, é perfeita de uma forma pela qual Rule jamais arriscaria se encantar. Por alguma razão louca, ela se preocupa com ele e sua família. Por outra razão mais louca ainda, ele não consegue afastá-la. Ninguém poderia supor que haveria algum sentimento oculto, mas muita coisa acontece e, o passado deles não está, necessariamente, morto e enterrado.

Rule, se isso der errado, vai dar muito, muito errado.
É verdade. Mas se der certo, vai dar muito, muito certo.

O livro é narrado sob os pontos de vista dos dois personagens, Shaw e Rule, alternados pelos capítulos. Esse tipo de narrativa dá uma certa familiaridade com os sentimentos do personagem, mas às vezes, soa um pouco chato se o personagem em questão faz muito mimimi. Para nossa sorte, nem Rule e nem Shaw são chatos. Ele, de cara mau só tem o estilo. Ela, de perfeitinha só a beleza. No fundo, ambos são bem normais, mesmo com toda a bagagem que carregam. O fundo dramático não é algo forçado e a autora convence com cada trecho mais pesado. Tem até um alerta muito útil, já que, muitas vezes, ignoramos os sinais de perigo que estão bem a nossa frente até que algo grave aconteça. Infelizmente, alguns personagens deixam a desejar, com personalidades muito vazias para a posição que ocupam na história. Ainda assim, eles estão lá, agindo daquela forma, por uma razão que compreendemos com o desenrolar da trama. Além da boa dupla principal, temos um time bem interessante de coadjuvantes, os amigos, que já vão deixando no ar a deixa para o próximo volume da série.

Particularmente, gostei muito da escrita da autora e estou bem ansiosa pela sequência, que terá os pontos de vista de outros personagens que, em Na sua pele, já aprendemos a amar. Também gostei muito do trabalho da editora, tanto pela capa, que é perfeita para o gênero, quanto pela diagramação, simples e charmosa.
O próximo volume já tem capa, título e, se não estou enganada, está prestes a ser lançado. Se quiser saber mais, ele já está na estante do Skoob e se chama Notas Quentes.

15 comentários:

  1. Nunca tinha visto esse livro e nem tive contato com a autora. Parece ser uma boa história. Não sou fã de New Adult, mas ando lendo bastante, ultimamente. Adoro livros que intercalam a narração entre um personagem e outro. Isso faz com que nos apaixonemos mais ainda pelos personagens.

    Aguardo sua visita :)
    http://porredelivros.blogspot.com/2015/07/eu-estive-aqui-da-gayle-forman.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Camilla, amei sua resenha! Eu estou lendo esse livro e estou gostando. Li também À flor da pele e amei. Esses dois livros tem premissas parecidas, recomendo. Achei seu blog super fofo e aconhegante.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      não conheço esse, mas obrigada pela dica :)

      Excluir
  3. Camilla, você fala da minha admiração por filmes de outros países e eu digo da sua por livros. Talvez eu não saiba muito a fundo sobre o universo, fico sabendo pelos livros que os artistas que gosto falam, por dicas ou interesse, mas enfim, isso não vem ao caso desse post, foi só uma observação kkk. Gosto de saber da sua opinião e das suas dicas.
    Achei interessante a resenha, mas não li esse livro. Parece não ser aquele romance bobo que estamos acostumadas.
    "Rule e nem Shaw são chatos." Isso é um fator importantíssimo, afinal apesar de nós duas termos gostado do filme "Cidades do Papel", os protagonistas são chatos.
    Beeeijos
    Beatriz Baesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dicas de filme é com vc mesma, rs. E eu confio, claro!

      Excluir
  4. Oiiii Camilla, eu acho que me agradaria essa história sabe. Pelo que vejo a escrita da autora é bem bacana e apesar da história me parecer ser um pouco clichê eu acho que ela soube dosar os elementos e fez uma obra bem romântica.

    bju
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo! Tinha tudo para ser bem básica, mas acaba sendo muito mais interessante :)

      Excluir
  5. Oie Camilla =)

    Esse livro parece possuir um enredo clichê bem trabalhado. É aquele tipo de leitura perfeita para uma tarde preguiçosa de domingo.
    Fiquei curiosa =D

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Uma tarde é o bastante se vc estiver disponível, até pq não vai querer largar até acabar :)

      Excluir
  6. Oi, Camila! Confesso que mesmo lendo várias resenhas positivas não sei se leria... Ainda não me entreguei ao new adult!

    Beijão, Guta!
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sei como é... tb demorei a me encontrar nesse estilo e ainda não gosto de qualquer um :)

      Excluir
  7. Oi
    Gostei da resenha, esse livro parece ser bom e gosto de leituras desse gênero.
    Que bom que gostou e indica a leitura, já tinha visto falarem dessa série.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi
    Já vi falarem muito bem desse livro e a história parecem ser legal,
    o enredo chamou minha atenção e ambos os personagens parecem ter passado por muitos problemas.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Gostou do post? Por que não faz um comentário e deixa uma blogueira feliz? :)