Resenha Premiada: Uma Curva no Tempo – Dani Atkins


A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona?
A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?

Uma Curva no Tempo (título original: Fractured), escrito pela autora Dani Atkins, lançamento do mês de maio da Editora Arqueiro, é um romance britânico cuja temática explora o drama do recomeço e da perda, de forma leve e cheia de emoção. Para comemorar o mês dos namorados, já que estamos falando de um romance daqueles, que tal um sorteio? Você encontrará o formulário para participação no final da resenha.


Sabe aquele livro que é feliz e triste, ao mesmo tempo? Que te encanta e devasta, em questão de segundos? Pois é, Uma Curva no Tempo é assim. Inexplicavelmente, todas as coisas que me agradaram e surpreenderam na história foram justamente as que me aborreceram em alguns momentos. Rachel nunca se recuperou daquele fatídico dia em que perdera não só seu melhor amigo, mas também todas expectativas de um dia ser uma pessoa bem sucedida e feliz. Ela tem cicatrizes para comprovar o tamanho da sua perda e não pode, nem quer, esquecer o quanto a vida pode ser perfeita e, em questão de segundos, sofrer uma devastação sem conserto. Como se não bastasse, as coisas continuam a desmoronar, mesmo após cinco anos da tragédia, e ela não sabe o quanto ainda pode suportar. Em um momento, ela está de volta ao lugar onde tudo aconteceu para uma comemoração importante, e, no outro, ela está nesse mesmo lugar para a mesma comemoração, mas em condições completamente diferentes. Como isso aconteceu? Tudo indica que ela finalmente enlouqueceu, mas como explicar todas as coisas que ela sabe a respeito de sua suposta vida trágica?

“– Então isso tudo deve ser um sonho – anunciei, agarrando a única solução que fazia sentido. Alguém, não sei quem, soltou um suspiro alto de desespero. Ignorei-o. – Isso tudo é apenas um sonho muito real e muito vívido, mas está tudo em meu subconsciente. Vou despertar a qualquer minuto.”

Basicamente, a história é narrada pela própria Rachel, de forma introspectiva e detalhada. Ela não tem a menor ideia do que provocou a absurda mudança do espaço/tempo, mas tem um palpite digno das maiores ficções científicas. Será mesmo que, em algum momento, uma ruptura no continum espaço-tempo aconteceu, levando-a a um universo onde sua vida é praticamente perfeita? Afinal, ela está noiva do seu namorado perfeito da adolescência, seu pai está saudável e o trágico acidente de seu passado não passou de um susto. Muita coisa para assimilar, mas por que reclamar?
Bom, o verdadeiro dilema é: ela não consegue esquecer a vida onde tudo deu errado. Por alguma razão, ela não para de lembrar de pessoas que nunca fizeram parte de sua vida, tem em mente um endereço que não é seu e não faz a menor ideia do que a manteve ao lado noivo, que em sua vida trágica, já era ex há tempos. Por causa de toda confusão mental, ela não consegue deixar de investigar os últimos cinco anos de sua vida e, a cada descoberta fica ainda mais confusa, embora esteja mais feliz do que poderia se lembrar. Neste ponto, várias teorias começaram a pipocar enquanto eu lia. Rachel deveria estar surtando, pois não havia qualquer explicação lógica para o que estava acontecendo, mas a surpresa vem bem no final, quando menos esperamos. Não é um final aberto a interpretações e pode ser considerado muito satisfatório, conseguindo inclusive me emocionar pela forma como é narrado.
Os personagens não são lá muito profundos, pois o enfoque está por conta de Rachel, seu pai, Matt e Jimmy. Uma coisa bem interessante é abordagem de Matt, sempre associado a características negativas ou vazias, mesmo nos melhores momentos ao lado de Rachel. É como se ela estivesse tentando pintá-lo como vilão. E talvez ele seja. Jimmy, por outro lado, é a imagem da perfeição mesmo que todo o seu lado heróico e encantado seja posto em prática apenas no que se refere a ela. De certa forma, todos os personagens se mostraram marcantes na vida de Rachel e, portanto, na leitura. 
 
As lembranças de Rachel se mesclam aos acontecimentos presentes, mas jamais se confundem, o que é raro nesse tipo de enredo, com passagens de tempo significativas e uma personagem incrédula. É uma narrativa muito clara e sensível, mas também bastante introspectiva, já que conhecemos a fundo os sentimentos de Rachel, que passam a ser os nossos com o passar das páginas. Não consegui odiar nem mesmo os momentos mais tristes, pois tudo o que senti foi uma emoção muito forte relacionada a tudo o que a personagem vivia. É uma narrativa realmente tocante.
Quanto à edição, impecável, mas o destaque está na capa. Como não se apaixonar pela imagem tão singela e delicada?

É claro que ele está aqui.
Ele esperou a vida toda por este momento, Rachel. Onde mais estaria?”

Agora, preencham o formulário (seguindo as regrinhas, claro) e cruzem os dedos. Vocês têm 30 dias para participar. Depois disso, um sortudo será o ganhador de um exemplar do livro.


a Rafflecopter giveaway

35 comentários:

  1. Comecei a ouvir falar deste livro, mas nunca nem se quer cheguei a ler a sinopse ou uma resenha, a sua foi a primeira. Quando eu comecei a ler as primeiras linhas da resenha e o título pensei que o livro seria igual ao filme "Te amarei para sempre", pensei que seria o mesmo. Mas parece ser tão bom quanto. Quero muito começar a ler este livro se eu tiver a oportunidade de ganhar ou mesmo não ganhando irei comprá-lo haha.

    ResponderExcluir
  2. Esse é um dos livros que tenho que ter de qualquer maneira, a capa é linda e já quero só por ela, vejo tudo mundo falando sobre o livro mas nunca tinha lido uma resenha e fiquei realmente encantada com a premissa, quem não queria poder mudar algo que não deu certo, com certeza tenho um monte e os livros as vezes me fazem sonhar com essa possibilidade, estou louca pra descobrir tudo que aconteceu com a Rachel e ficar feliz e triste e devastada com a história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A premissa é perfeita, ne? Como não pensar nisso? :)

      Excluir
  3. Eu já estava louca para ler o livro, agora estou mais ainda. Você escreve muito bem. Achei o blog agora e achei ele a coisa mais linda <3
    De qualquer forma, ouvi coisas muito boas sobre o livro e estou ansiosa para lê-lo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. O livro deve ser muito bom,e fiquei me perguntando como ela conseguiu ir parar nessa vida perfeita.Rachel é daquelas personagens por quem torcemos para que tudo de certo,quando um livro te prende a esse ponto sempre é uma leitura proveitosa.E a capa está muito fofa.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não vai conseguir largar até descobrir :)

      Excluir
  5. Ain, eu me apaixonei mesmo pela imagem da capa *-* Aliás, foi por causa dela que eu fui atrás de saber sobre o que o livro e tratava. Logo o coloquei em minha lista de desejados, e você acabou de me deixar em surtos! Me encantar e me devastar em questão de segundos? Fala sério! Super amo livros assim. <3 Preciso de Uma Curva no Tempo. Apenas.

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem assim, haha, mas é lindo, não tem como não gostar :)

      Excluir
  6. Adorei a resenha, to louca pra ler esse livro desde que lançou!

    ResponderExcluir
  7. Não paro de pensar nesse livro desde que vi o book trailer! E essa capa? Maravilhosa! Amei as quotes escolhidas para a resenha ♥

    ResponderExcluir
  8. Tem razão, eu tinha me apaixonada pelo livro foi através da capa mesmo, cores lindas e mto bem feita!
    A sinopse em si me deixou muito animada a conhecer os rumos que a protagonista irá tomar depois que conseguiu "voltar no tempo". Já li mtas resenhas positivas que so aumentaram a minha curiosidade, mas tb ouvi falar que ela no inicio fica um mimimi sem fim ao inves de aproveitar a chance que o amigo dela deu para ela viver...
    Enfim, ainda quero o livro, claro! =)
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, eu até entendo os mimimis dela, mas realmente, ela é bem reclamona, haha

      Excluir
  9. Antes de comentar da história, gostaria de falar que amei a capa do livro. Muito bonita! :)
    Nunca tinha ouvido falar nele, mas parece ser interessante. Gosto de histórias que trazem momentos tristes e alegres, ainda mais em que personagens precisam lidar com situações de perdas. Também gosto de livros ou filmes que fazem com que o leitor entre no ponto de vista do personagem, fica menos superficial, mas é claro que depende do livro, não? Acho interessante analisar o psicológico do personagem, haha!

    Beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia, você vai entender pq amei tanto quando chegar no final. É perfeito <3

      Excluir
  10. Posso dizer que nesse momento, queria sofrer esse acidente... minha vida anda umagrande porcaria...se ela melhora-se assim como a da Rachel, de uma hora para a outra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, mas na vida a gente passa por momentos ruins que são compensados com os bons. É preciso paciência e um pouquinho de fé e tudo pode melhorar, às vezes de uma hora para outra :)

      Excluir
  11. Eu adoro narrativas que convidam o leitor a tentar adivinhar o final, porque eu nunca acerto uma e é sempre uma grande surpresa, embora as vezes devastadora ('Mentirosos' que o diga). O melhor de tudo é que já fiquei sabendo que o final não é aberto, pois odeio quando isso acontece. Prefiro um desfecho que me faça chorar rios do que um que me fará imaginar mil e uma opções do fim da história.

    Blog | Paixonites Literárias Xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale de Mentirosos, haha. O que foi aquilo? Eu até saquei na metade do livro, mas não queria estar certa, haha

      Excluir
  12. Eu estava louca para comprar esse livro pra minha mãe. Porque ela ama histórias emocionantes assim. Só que já não tinha mais na livraria. Putz. Ai comprei outros, mas agora lendo sua resenha me bateu uma coisinha sabe. Um porque de que eu não esperei ou comprei online. Ainda mais depois de saber o tanto de coisas que esse livro te trouxe. eu acho maravilhosa essa ambiguidade de sentimentos que alguns livros nos trazem. e olha que eu só queria ele pela capa kkkkk

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa já é um ótimo começo, ne? Mas sim, a história é perfeita <3

      Excluir
  13. Amo esse tipo de livro, que te faz querer chorar mas ainda tem um sorriso no rosto. O tema é triste, mas pelo que vejo é bem explorado e bonito. Foi um lançamento que fiquei ansiosa pra ler e estou vendo ótimas criticas dele. Adoro livros que marcam e esse parece ser um deles, quero ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! É uma emoção que vale a pena sentir! :)

      Excluir
  14. Oi Camila! Quando vi esse livro sendo lançado eu não dava nada pro ele mas meu amigo leu e ficou destruído, chorou mais do que sei lá o que, entao com certeza deve ser bom. Ao ler sua resenha pude entender um pouco mais da história e tenho certeza que eu no lugar dela não aguentaria, ficaria muito confusa. Fiquei bastante curiosa pra saber o que houve pra ela ir parar nessa outra vida.

    ResponderExcluir
  15. Li o livro e fiquei uma semana de ressaca
    Achei meio louca querendo provar pra todos que não era sua vida
    Parecia que ela gostava da sua antiga vida
    O final não sei gostei ou não até hj me pego pensando rsrs

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Bah, lendo a resenha já fiquei pensando que realmente é um livro que te leva a pensar de duas formas. Eu gosto muito da capa dele, mas achei que seria uma história diferente. Rachel vai me fazer chorar, já vi tudo T.T

    ResponderExcluir
  17. Desde que vi a capa linda desse livro ele está na minha listinha! haha
    Além de que já vi várias resenhas positivas sobre ele e a sua me deixou mais curiosa ainda!
    Quero muito saber como será essa surpresa no final, será que é feliz ou triste? kkkk
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  18. Esse livro foi muito além de tudo que esperava, me emocionei logo no inicio...no decorrer da historia comecei a torcer por Rachel e Jimmy, para que tudo aquilo fosse real, uma chance de eles viverem aquele amor.
    O final me surpreendeu tanto, fiquei tão dividida, pois haviam duas "vidas"...que ficava entre o pai e o Jimmy.
    Me apaixonei pela capa, mas quando li a sinopse pensei "TENHO QUE LER"!
    É difícil falar desse livro.
    É o que você disse,é um livro que encanta e devasta ao mesmo tempo, te surpreendendo sempre.
    Ótima resenha
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi, Camila!
    Tenho a impressão de quando for ler esse livro vou chorar, a história é muito emocionante, parece ser muito envolvente. Mas confesso que não entendo essa procura de Rachel em querer descobrir o que realmente aconteceu, afinal, ela tem a vida perfeita; creio que para entender só mesmo lendo o livro, né?! E é o que pretendo fazer sem dúvida! A capa é mesmo linda! Parabéns pela resenha, ela me fez ficar com mais vontade ainda de ler esse livro!
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é claro, vou participar do sorteio, quem sabe eu não ganhe - estou torcendo muito!
      Nome no formulário: Elidiane Lima
      Email: elidian20@hotmail.com
      Bjos!

      Excluir
  20. Oi, Camilla!
    Esse livro parece muito bonito e estou curiosa pra saber o que aconteceu com a Rachel, afinal.
    Parece que ela está "presa" em algo que não existe, não sei...
    O enredo me lembra o livro Replay, do Marc Levy. Será que o desfecho é igual? De qualquer forma, eu adorei Replay!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Essa história parece tão linda, delicada e tão cheia de espaço para refletir que não teve como eu me encantar mesmo depois de ler tantas resenhas rs. Esse livro me chamou a atenção na primeira vez pela a capa mas depois que eu li a sinopse ele abriu muito mais espaço pra entrar na lista de "quero ler logo". Adoro histórias cheia de conflitos... e quando há escolhas, histórias que voltam no passado ou vão para o futuro, personagens angustiadas com escolhas que mudaram sua vida para sempre, então eu preciso ler! É o tipo de livro que nos faz sempre aprender algo, eu adoro!

    Vou participar!
    tamaramncosta@gmail.com

    ResponderExcluir

Gostou do post? Por que não faz um comentário e deixa uma blogueira feliz? :)