Top 5: Livros/séries sobre fadas/criaturas da floresta


Eu sei que existem muitas séries e livros sobre fadas e seres da floresta por aí, mas ainda não tive, e nem serei se terei, tempo para ler todos. Dos que já li, alguns chamaram mais atenção que outros, mas a maioria tem suas peculiaridades. Nenhum é igual ao outro e, isso é o mais interessante. É possível conhecer/imaginar várias criaturinhas diferentes com os mesmos nomes. Por mais infantil que possa parecer, falar sobre fadas é mais do que abrir a imaginação, já que seres mitológicos, por mais adaptações que sofram aqui e alí, seguem sempre um parâmetro. Que tal conhecer alguns livros que li e recomendo, cujos personagens habitam florestas mágicas e guardam um mundo do qual não se pode sair depois de entrar? Vem comigo :)



1# Série Fadas, da Aprilynne Pike

Laurel foi encontrada na porta da casa de seus pais adotivos e sempre estudou com a mãe. Aos quinze anos, após se mudar para uma nova cidade e se matricular em uma escola, sua vida muda completamente. Para começar, desde sempre solitária, ela ganha um grupo de amigos e um admirador apaixonado, David. E isso será apenas o início. À primeira vista, Laurel é uma garota comum, com os problemas de qualquer adolescente. O que a diferencia, porém, é ter um segredo maravilhoso e perigoso: ela é uma fada e tem a missão de proteger o portal de Avalon.(Asas – livro 1)

Conheci a série Fadas, quando seu primeiro livro foi publicado no Brasil. Na época, cheguei a temer a temática, aparentemente infantil. Mas com capas lindas e títulos curtos e encantadores, a série publicada pela Bertrand é uma ótima indicação para os amantes da temática, especialmente agora, que foi finalizada, com seu quarto e último livro publicado.
Com uma aparência digna dos contos de fadas e atitudes de uma garota que pouco viveu em meio a tantas pessoas, frequentar a escola pode ser bem mais difícil que o normal. Apesar de parecer óbvio para o leitor, para Laurel seu modo de vida não é tão estranho. Ela não tem as mesmas sensações que as outras pessoas e não sente falta de comida calórica como os outros, mas ainda assim fica chocada ao acordar um belo dia com lindas e enormes pétalas nas costas. É neste momento que ela percebe que alguma coisa muita errada deve estar acontecendo com ela e teme assustar os pais, que nunca foram a favor de visitas a hospitais. Laurel é uma fada e, este detalhe é o mais interessante na história. As fadas aqui retratadas não são exatamente aquelas da maioria das histórias. Sua constituição biológica é literalmente perfeita. Que tipo de ser do reino animal poderia ter a simetria corporal como uma certeza? Então, digamos que essas fadas precisam de terra e luz do sol tanto quanto uma planta precisaria. Interessante, não? A série é composta por Asas, Encantos, Ilusões e Destinos.

2# Série Os Encantados de Ferro, da Julie Kagawa

Alguma coisa sempre pareceu meio fora do lugar na vida de Meghan, desde que o pai desapareceu diante de seus olhos quando ela tinha apenas seis anos. Meghan nunca se adaptou na escola... nem em casa. Quando um desconhecido sombrio começa a observá-la de longe, e o amigo brincalhão se torna estranhamente superprotetor, Meghan sente que tudo que ela conhece está para mudar. Mas ela nunca poderia ter imaginado a verdade - que ela é filha de um mítico rei das fadas e peça importante numa guerra mortal. Agora Meghan vai aprender até onde é capaz de ir para salvar alguém que ama, deter um mal misterioso que nenhuma criatura encantada ousa enfrentar... e encontrar o amor com um jovem príncipe que talvez prefira vê-la morta a deixá-la tocar seu coração de gelo. (O Rei do Ferro – livro 1 - resenha)

Então, pessoal, tenho até medo de falar sobre essa série. Acho que posso dizer que é a minha preferida do gênero. A história é deliciosa e a magia acerca das criaturas e personagens é muito forte e contagiante. Minha maior tristeza é o fato de ter apenas os dois primeiros volumes pulicados no Brasil, pela editora Underworld, e não haver qualquer menção à publicação das sequências.
Os personagens são cativantes. Meghan, ao contrário da maioria das mocinhas dos livros, é cheia de atitudes e nada de mimimi. Ash é o típico personagem perfeito, com quem você gostaria de se casar mesmo que seus filhos viessem a ter orelhas pontudas. Puck dá vida ao lendário elfo de Sonho de Uma Noite de Verão, de Shakespeare, e carrega suas falas de humor, ainda que ácido. É uma série que, até onde sei, possui 4 livros propriamente ditos e alguns intermediários. Fico triste por não serem muito conhecidos e estarem fora das estantes das livrarias, mas ainda espero (desejo) que alguma editora atuante no Brasil possa publicar a série completa. Composta por O Rei do Ferro (livro 1), A Filha do Ferro (livro 2), The Iron Queen (livro 3 - A Rainha do Ferro) e The Iron Knight (livro 4 - O Cavaleiro do Ferro), possui ainda contos, intermediários dos livros principais, Winter's Passage, Summer's Crossing e Iron's Prophecy.

3# A Dança da Floresta, da Juliet Marilier


Esta é uma história mágica, que transita entre um mundo mítico e um castelo na Transilvânia... Jena, uma garota de 16 anos, seu sapinho de estimação Gogu e suas quatro irmãs guardam um segredo: desde pequeninas, em toda noite de Lua Cheia, fazem sombras com as mãos contra uma pedra, abrindo um misterioso portal para uma floresta mágica, onde dançam com encantadoras e bizarras criaturas fantásticas. Porém, elas não imaginavam que suas vidas mudariam drasticamente: o pai adoece e, por recomendações médicas, vai para uma região onde o inverno é mais ameno. Jena e sua irmã Tati ficam encarregadas de cuidar dos negócios da família no castelo Piscul Dracului. As coisas vão bem até que um trágico acidente deixa tudo fora de controle. Para piorar, sua irmã se apaixonara por uma das misteriosas criaturas da Clareira Dançante da floresta. (livro 1 - resenha)

Encantador é pouco para descrever a beleza desse livro. A Dança da Floresta é doce e cruel, ao mesmo tempo, mágico e normal. Com personagens intrigantes e cheios de emoção, não consigo sequer explicar toda a magia presente nas páginas do livro. Aqui, os personagens não são as fadas, propriamente ditas, mas outras criaturas igualmente fascinantes da cultura celta. É uma história muito visual. Toda descrição dos ambientes e seres é certeira e garante as mais diversas imagens mentais. Um fator muito especial sobre o livro, é que não há a divisão óbvia entre bem e mal, mas a evidência de que cada escolha individual pode levar a caminhos diferentes, ruins ou bons. O livro é bem encerrado, mas existe um segundo volume, O Segredo de Cybele, contando a história de uma personagem secundária no primeiro livro. Este segundo não me encantou tanto quanto o outro, mas ainda assim é muito bom. Só para você ter uma ideia, a autora de A Dança da Floresta também escreveu a série Sevenwaters, cujo sucesso do primeiro volume, A Filha da Floresta, é mais conhecido no Brasil. A Dança da Floresta e O Segredo de Cybele foram publicados pela editora Prumo.

4# Série Trylle, da Amanda Hocking


Quando Wendy Everly tinha seis anos, sua mãe foi convencida de que ela era um monstro e tentou matá-la. Onze anos mais tarde, Wendy descobre que sua mãe poderia estar certa. Ela não é a pessoa que ela sempre acreditou ser, e toda a sua vida começa a ser desvendada. Tudo por causa de Finn Holmes. Finn é um cara misterioso e parece estar sempre olhando para ela. Cada encontro deixa Wendy profundamente abalada. Mas não é muito antes de ele revelar a verdade: Wendy é uma changeling que foi trocada ao nascer e ele veio para levá-la de volta para casa. Agora Wendy parte para uma viagem a um mundo que ela nunca soube que existia, um que é ao mesmo tempo belo e assustador. E onde ela deve deixar sua antiga vida para trás para descobrir qual será o seu destino. (Trocada – livro 1 - resenha)

Já falei sobre a série antes, já que postei resenha dos 2 livros que já foram lançados. Por mais que não seja minha preferida, gosto de lembrar da história pelo potencial que tem, com personagens que tinham tudo para serem diferentes dos outros livros do tipo. Infelizmente, os trolls de Trylle não se destacam muito em relação aos outros seres mágicos das florestas, mas já vale a intenção. Por mais que eu não tenha sentido o que gostaria ao ler, tenho certeza de que muitos irão discordar e apreciar bastante a trama. A trilogia, que conta com 2 livros já lançados no Brasil pela editora Rocco, é composta por Trocada, Dividida (resenha) e Ascend.

5# Série Faeriewalker, da Jenna Black


Dana Hathaway ainda não sabe, mas vai acabar se metendo em apuros quando decide que é a hora de fugir de casa para encontrar seu misterioso pai na cidade de Avalon: o único lugar na Terra onde o mundo real e o mágico se cruzam. No entanto, assim que Dana põe os pés em Avalon, tudo começa a dar errado, pois ela não é uma adolescente comum – ela é uma faeriewalker, um indivíduo raro que pode viajar entre os dois mundos e a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia a cidade de Faerie. . Não demora muito e Dana envolve-se no jogo implacável da política do mundo da magia. Alguém está tentando matá-la, e todos parecem querer alguma coisa dela, desde seus novos amigos e da família até Ethan, o lindo garoto com poderes fantásticos com quem Dana acha que nunca terá uma chance… Até ter uma. Presa entre esses dois mundos, Dana não sabe bem onde se encaixa ou em quem pode confiar, muito menos se sua vida um dia voltará a ser normal.(Glimmerglass – livro 1)

Esta também é uma trilogia que já foi finalizada, tendo todos os seus livros lançados no Brasil pela Universo dos Livros. Com capas lindíssimas e um enredo interessante, a história se passa na lendária Avalon. Infelizmente, apesar do cenário encantador, os personagens não me cativaram e, muitas vezes, deixam no ar uma espécie de incógnita. Mesmo assim, o primeiro livro é muito bom. As sequências não são tão marcantes e têm pouca ação, considerando a situação de perigo em que Dana e seus amigos vivem inseridos, mas cumprem bem o papel de young-adult fantástico. O primeiro livro é Glimmerglass e, as sequências, Shadowspell e Sirensong.

Este foi o meu top 5 de séries sobre fadas e afins do momento. Em breve farei um segundo post a respeito, pois ainda tenho alguns livros com o tema para ler e pretendo falar sobre eles também. Por enquanto, é isso. Espero que gostem das dicas e, se tiverem lido algum, gostaria de saber sua opinião também.


5 comentários:

  1. Oiee =)
    gostei desse post, pois não li nenhuma dessa série, tenho interesse em algumas daí <3
    Beliscões da Máh ♥
    Blog
    Instagram

    ResponderExcluir
  2. teu saite é muito legal :a

    ResponderExcluir
  3. Olá! Amei o post, muito obrigada pelas recomendações.
    Já li a série 'Encantados de Ferro' e concordo completamente: uma das melhores séries que eu já li. Foi o que fez eu me apaixonar pelo tema de fadas e criaturas da floresta. Sempre procuro livros desse tema por aí, e por acaso uma vez quando passei por uma livraria, vi na vitrine um livro (O Lado mais Sombrio) com uma capa simplesmente incrível e comprei por curiosidade e pela sinopse cativante. O livro se passa no País das Maravilhas, porém o lugar é muito mais sombrio do que o representado nos livros de Lewis Carrol. Os moradores do País das Maravilhas, os intraterrenos, são criaturas loucas, mágicas e curiosas. A protagonista (Alyssa) é maravilhosa e assim como Meghan, (spoiler) se torna uma rainha e tem que lidar com as consequências. Uma pena que o último livro da trilogia não tem previsão para ser publicado aqui no Brasil ainda, mas recomendo mesmo assim.
    Lerei todas as séries assim que puder, uma atrás da outra!

    ResponderExcluir
  4. Ameii ja tenho todos em pdf, Vo ler agr , beiijos ;)

    ResponderExcluir
  5. Oi Camilla
    Eu li a "Dança da floresta" da Juliet e concordo com o que você escreveu sore o fato de não haver rotulação sore o bem e o mal: o livro deixa ao critério do leitor julgar o bem e o mal de acordo com as consequências de cada atitude tomada pelos personagens.
    A minha irmã mais nova se chama Camila também e foi graças a ela que comprei o livro. O objetivo era comprar um livro com uma capa e uma história chamativos para estimular a leitura dela.
    Se você gosta de livros de fantasia recomendo que leia "As crônicas das irmãs bruxas" que em três livros de duzentas a trezentas páginas cada um conta a história de três irmãs que vivem na Nova Inglaterra no século XIX que precisam esconder sua verdadeira identidade. O livro é muito bom e se você gostou da Jena provavelmente vai gostar da Cate também!

    ResponderExcluir

Gostou do post? Por que não faz um comentário e deixa uma blogueira feliz? :)