5 Romances sobre fantasmas fofos

 
foto do filme Gasparzinho e Wendy

É comum, nos romances sobrenaturais, sermos apresentados a personagens como vampiros, lobisomens, bruxas e outros mais, entretanto conheço alguns livros bem interessantes focados em fantasmas. Sim, é isto mesmo: fantasmas, espíritos, almas penadas. Interessante mesmo é o fato de serem, quase sempre, boas histórias. Pensando nisso, decidi listar alguns livros que li que têm, pelo menos um personagem querido desencarnado. Talvez você já tenha lido ou ouvido falar de um ou outro...


1 – The Ghost and the Goth, de Stacey Kade

Depois de um encontro com o para-choque de um ônibus escolar, Alona Dare vai de Rainha do Baile à Rainha dos Mortos. Agora ela está presa aqui em forma de espírito, sem nenhum sinal da luz, vindo para levá-la embora. Para piorar a situação, a única pessoa que pode ser capaz de ajudá-la é Will Killian, um completo perdedor/pária que odeia a elite social. Só ele pode ver e ouvi-la, embora não queira ter nada a ver com a menina malvada do Greensboro High. Poderiam superar a desconfiança mútua e a estranha atração que existe entre eles e trabalharem juntos antes que Alona desapareçe para sempre e Will seja preso por ver coisas que não existem?
 

Está aí um livro que é uma ótima surpresa. É engraçado, depressivo, bizarro e delicioso. Alona pode ter sido uma garota insuportável em vida, mas com certeza se tornou um espírito peculiar e, até encantador. Will é tão solitário e gótico que te faz querer abraçá-lo, especialmente quando Alona começa a persegui-lo. É uma história simples, sem muita ação e reviravoltas, mas ainda assim interessante, graças aos personagens cativantes. O livro faz parte de uma série/trilogia que não foi publicada no Brasil, mas que, ainda assim, vale a pena ser lido. Aliás, há uma surpresa adorável no finalzinho (embora não me lembra em qual livro, segundo ou terceiro...)


2 – Sussurros de uma Garota Apaixonada (ou, Sussurros da Alma), da Mandy Porto

Brooke Watson é uma novata na Universidade de Jericho, e ela pensava que tudo que sua vida seria a partir daí era estudar. Então ela conhece Danny Garcia, um garoto arrogante que começa a atormentar sua vida. Tudo muda quando Brooke descobre que ele foi assassinado e que é a única que consegue ver seu fantasma. Brooke o detesta ou acha que o odeia, mas os dois deverão trabalhar juntos para descobrir quem é o assassino que acabou com a vida de Danny - um Serial-Killer que está atacando especificamente garotos da Universidade. Brooke pode não ser um alvo, mas ela logo se torna um por correr atrás de respostas. Danny está morto, mas será que ele poderá salvá-la? Ou melhor, como os dois poderão se salvar do amor que cresce a cada momento que estão juntos? O amor é algo engraçado, ele pode nos pegar em momentos que menos esperamos. 
 

Então... este é um nacional, publicado pela Underworld e republicado pela Modo. É uma historinha comum, no estilo high school universitário, mas bem escrito e com um final surpreendente. Com o mistério acerca do assassino que ronda o campus matando garotos, a história se torna sempre uma caixinha de surpresas, já que é possível desconfiar de vários personagens. Danny e Brooke não são um casal muito romântico, mas suas cenas caracterizados como tal rendem boas risadas.


3 - Série A Mediadora, da Meg Cabot

Suzannah é uma adolescente aparentemente comum que tem um problema com construções antigas. Não é para menos. Afinal, muitas dessas casas velhas são assombradas. E Suzannah é uma mediadora, uma pessoa capaz de ver e falar com fantasmas para ajudá-los a descansar em paz. É claro que esse dom lhe traz muitos problemas. Mas nem ela poderia saber a gravidade do que encontraria ao mudar-se para Califórnia.


Acho que todos devem, ao menos, ter ouvido falar desta série fantasmagórica e muito bem-humorada. A história não explica muito sobre a natureza dos seres invisíveis aos meros mortais, mas é muito divertida, especialmente dadas as confusões vividas por Suzannah ao tentar se livrar de suas assombrações. Um fantasma, em especial, de tão fofo e querido, te faz desejar tudo menos que ele faça a passagem. Se você curte histórias de fantasmas e exorcismos atrapalhados, vai gostar muito de ler os seis volumes da série. Mas não pense que é uma grande trama, cheia de mistérios, pois trata-se apenas de uma história bem adolescente e divertida.


4 – Sombras (trilogia), da Jessica Verday

Mesmo depois que Kristen desaparece sem deixar vestígios, Abbey, sua melhor amiga, continua a frequentar o lugar favorito das duas: o cemitério de Sleepy Hollow, onde está enterrado o autor da clássica Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça. É lá que conhece Caspian, um rapaz misterioso, cuja relação com a lenda é muito mais íntima do que ela jamais poderia imaginar.


Sou suspeita para falar sobre a série que me encantou e me fez raiva. O primeiro livro, em especial, é tão misterioso e depressivo que chega a parecer real. Os personagens, humanos e fantasmas são tão encantadores que chega a doer. Abby e Caspian são muito cativantes, mas o cemitério da cidade tem, mais do que ossos enterrados, moradores inesquecíveis. A mesclagem de uma lenda tão legal, sofrimento e romance transformou o livro/série em algo diferente. Devo dizer que não há muita ação (resenha), a história é bem parada, mas muitos conflitos são vividos.


5 – Swoon – Amor além do tempo, da Nina Malkin

Na pequena cidade de Swoon, Connecticut, todos têm orgulho de suas raízes e traduções sulistas. Neste meio, a novaiorquina Candice se destaca terrivelmente. No equinócio de outono, porém, suas habilidades psíquicas secretas se tornam úteis quando a prima, a doce Penélope, é possuída pelo espírito de um jovem da era colonial, injustamente enforcado pela morte de sua noiva. Agora, Candice terá que ajudar sua prima e tentar solucionar o mistério que envolve o belo e atraente rapaz.

Vou logo avisando que é um livro sombrio e não um típico romance. A narrativa é um pouco estranha e meio assustadora, mas te prende pela expectativa de qualquer revelação. Sinclair parece muito ruim, mas ainda assim consegue despertar uma certa curiosidade a seu respeito. O final não é clichê e há um segundo livro, que não sei quando/se será lançado pela Galera Record.


Bônus: Se eu Ficar, da Gayle Forman

Aos 17 anos, a musicista Mia é uma adolescente como tantas outras. Tem pais amorosos, uma melhor amiga e um namorado apaixonado. Sua vida, no entanto, não é livre de escolhas dolorosas, como decidir se permanece fiel ao seu primeiro amor – a música –, mesmo que isto signifique perder seu namorado e deixar todos os que ama para trás. Em uma manhã de fevereiro, Mia sai para um passeio com a família e, em um instante, tudo muda. A última coisa que lembra é estar no carro com seus pais e seu irmão mais novo, Teddy, em uma estrada repleta de neve. De repente, está em pé fora do seu corpo, ao lado dos cadáveres de seu pai e sua mãe, observando ela e o irmão serem atendidos pelos paramédicos. Enquanto tenta entender se está morta ou não, Mia é levada para um hospital, onde, com seu corpo em estado de coma, reflete sobre seu passado e tenta decidir se vale a pena lutar pela vida. Por meio dos flashbacks e dos pensamentos de Mia, o texto explora a vida da adolescente, sua paixão pela música clássica e sua forte relação com a família, com o namorado, Adam, e com a melhor amiga, Kim.

Se eu ficar é um bônus porque não se trata exatamente de fantasmas. Mia está fora de seu corpo, mas ainda está viva, tentando descobrir uma forma de sobreviver ao acidente ou seguir sua família, que não teve a mesma sorte, ou azar. É um livro muito triste, obviamente, mas também bonito. Acho que todos deveriam ler algo do tipo, ao menos uma vez. Pensar em suas prioridades antes que tudo termine é algo chato, mas pode ajudar a ter uma vida melhor, com um propósito. Há uma continuação, mas esta não foi publicada pela Rocco.


E, então, gostaram de algum? Se tiver outros para me indicar, fique à vontade.

5 comentários:

  1. Ainda não li nenhum desses, mas morro de vontade ler a serie A Mediadora.

    Beijos
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  2. Olá!! Por acaso você tem o livro Body & Soul em arquivo digital? Estou caçando a internet inteira e não consigo achar! se vc tiver é possível enviar por e-mail? araceli_ara@bol.com.br
    Muuuito obrigada!
    Aracéli

    ResponderExcluir
  3. Mariana de Lacerda5 de março de 2014 21:37

    Sou apaixonada pela Meg Cabot, principalmente A Mediadora que foi a primeira série que eu li da autora. Suzannah têm um dedo podre pra fantasmas, ela encontra cada figura. Os livros são muitos engraçados e quando a série termina bate um vazio... Depois de ler um dos livros, já se tem vontade de pegar o próximo, e é assim durante a série.
    Super recomendo!

    ResponderExcluir
  4. Olá, se você tiver o livro Body & Soul em arquivo digital, pode me enviar? Estou procurando há muito tempo.
    E-mail: juuhgrade@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. A série A Mediadora é realmente ótima. Aliás, Meg Cabot é Meg Cabot. Adooooro os livros dela. Quem não leu ainda, leia. Li a série toda em um só fim de semana. Mas não sirvo muito de parametro já que sou uma devoradora de livros... :i

    ResponderExcluir

Gostou do post? Por que não faz um comentário e deixa uma blogueira feliz? :)